CLIC - Clínica Internacional da Coluna

Brasília - Salvador - Ilhéus - Chapada Diamantina

A Coluna da Coluna 5

Protegendo Sua Coluna das Atividades Domésticas

blog tarefasdomesticasMais do que trauma, são vícios posturais os principais causadores de disfunções na coluna vertebral. E a rotina do dia-a-dia contribui para formar estes tais vícios.


Então, o simples ato de dormir, de escovar os dentes, de dirigir o automóvel, de assistir televisão no sofá, tudo isso pode causar problemas de coluna.

Atividades domésticas são frequentemente catalizadoras de terríveis dores nas costas.

Pequenos gestos como carregar compras, passar roupa, cozinhar e varrer a casa “exigem esforço físico e submetem o corpo a posturas que podem comprometer coluna, quadril, joelhos e ombros”.

Quase nem prestamos atenção, mas ao realizarmos tais atividades “com uma postura inadequada, elas podem resultar em dores localizadas ou problemas mais sérios, como varizes, bursites nos ombros, lombalgias e até mesmo hérnia de disco”.

Engana-se quem acha que a vida de uma dona-de-casa é fácil. Às vezes, é uma malhação alucinada “que exige um abaixar, levantar, carregar, arrastar repetidos, submetendo o corpo a posições arriscadas”(UOL, 06/12/2012).

Sendo assim, segue então um pout-pourride conselhos ergonômicos para que os diletos leitores possam executar alguns afazeres domésticos minimizando o risco às suas colunas vertebrais.

Faxina : Sabe aqueles momentos que antecedem uma limpeza quando arrastamos ou suspendemos os nossos móveis? É nessa hora que ocorrem as lesões. Não precisa ser assim. Quando a gente pega “um volume (...) mais pesado, é preciso abaixar e flexionar os joelhos para dividir com as pernas o peso do corpo e da carga, levá-lo junto ao corpo, pegando-o com as duas mãos, mantendo um ângulo próximo de 90º no cotovelo”, explica Rodrigo Amaral, médico especializado em coluna, membro do Instituto de Patologia da Coluna de São Paulo. Basta manter os joelhos um pouco dobrados, “os pés afastados e o abdômen contraído”. E não ter vergonha de pedir ajuda se o móvel estiver pesado demais. A intenção é dividir o peso e minimizar a sobrecarga na coluna.

Pegar coisas no chão: Muita gente se machuca assim. “Todo objeto deve ser transportado próximo ao nosso corpo para evitar que o tronco se incline para frente”, ensina Helder Montenegro, presidente da Associação Brasileira de Reabilitação da Coluna. “O primeiro passo é dobrar os joelhos, o segundo é trazê-los para próximo do corpo e, finalmente, ficar de pé; com isso, a força é transferida para as pernas e não para coluna vertebral”, aconselha.

Varrer ou aspirar: Vale a pena gastar um pouco mais para ter um aspirador e uma vassoura com cabo mais longo. Assim, “evita-se que a coluna seja curvada para frente ou para trás de maneira excessiva", afirma Francis Trombini de Souza, do Laboratório de Biomecânica do Movimento e Postura Humana da Faculdade de Medicina da USP. Agachar-se com o abdome contraído ao varrer por baixo dos móveis é uma boa maneira de proteger a sua coluna de sobrecargas.

Estender roupas e espanar: “Para limpar lugares altos, é importante usar banquinhos ou escadas para evitar uma postura inadequada”, afirma Trombini de Souza. Afinal de contas, nossos braços não são fãs de ficarem estendidos por períodos muito longos. O mesmo vale para o varal, cuja altura, “acessível aos braços,” fazem com que nossas“mãos não ultrapassem a altura do ombro”. A região cervical agradecerá.

Arrumar a cama: Eis aí uma tarefa que não temos como realizar com uma boa postura. Mas dá para minimizar os danos. É só manter os joelhos dobrados e o abdome contraído na hora de elevar o colchão para prender o lençol.

Arrumar as gavetas: se envergar para arrumar as gavetas mais baixas é terrível para nossa coluna. “A postura correta é sentar em um banco de altura próxima à gaveta para evitar o esforço nos joelhos e a flexão anterior da coluna”, ensina mais uma vez Helder Montenegro.
São pequenas coisas que podem fazer uma enorme diferença nas nossas dores de cada dia. Sutis mudanças de hábitos como nesses exemplos ajudarão a prevenir um mal maior. Dores de coluna são perfeitamente dispensáveis.
(Mais dicas domésticas no próximo artigo)

Iury Borges Rocha é formado em Quiropraxia pelo Palmer University em Davenport, Iowa – E.E.U.U., e exerce a profissão há mais de 10 anos em suas clínicas em Ilhéus, Salvador e Brasília. É também bacharel em Ciências pela Palmer e Licenciado em Comunicações pela Scott Community College, em Bettendorf, Iowa – E.E.U.U.. E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Coluna Interativa da CLIC

Clique na imagem para acessar
a Coluna Interativa da Clic
colunainterativa

Novidades

Como se Tornar um Paciente Como se Tornar um Paciente Se a quiropraxia lhe parece um caminho para tratar seu pro...
18 de Setembro - Dia da Quiropraxia 18 de Setembro - Dia da Quiropraxia   Parabens a todos os quiropraxistas pelo seu dia

Convênios e Parceirias

       logo       logo para site